Coluna Arca da Aliança

Pra. Daniela Fernandes

A Bíblia que não só contém a Palavra de Deus, mas é a Palavra de Deus nos traz a direção que devemos seguir se queremos ter uma vida abençoada e próspera. Não digo aqui tão somente e prosperidade financeira, mas de saúde e paz para usufruirmos de tudo o que Deus nos proporciona, já que tem pessoas muito ricas e que na verdade não tem saúde e nem com quem usufruir de tudo o que elas conseguiram reunir ao longo da vida.

Mas a Palavra de Deus nos revela ainda que não fazemos parte deste mundo, pois fazemos parte da Jerusalém Celestial, onde o Senhor nos espera com um banquete e festa para o nosso retorno para casa, já que fomos gerados no coração do nosso Deus. Nos alerta ainda de que não devemos ajuntar tesouros neste mundo onde a traça corrói e o homem rouba, mas nos céus, para que quando retornarmos para casa tenha uma fortuna espiritual para usufruir junto ao Pai.

Mas a grande questão que a Palavra de Deus nos alerta é que sem fé é impossível agradar a Deus, e que a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e não se veem.

Desta forma, o que temos para alicerçar a nossa esperança e a nossa convicção quanto ao nosso futuro nada tem haver com o que temos ou com o que podemos fazer, mas sim no que nós somos em Deus e nas promessas que Deus nos fez as quais vão se cumprir, pois Deus é fiel e poderoso para cumprir cada uma delas, e não é homem para que minta nem filho do homem para que se arrependa daquilo que prometeu.

Assim, nós temos que ter em mente que somos mais que vencedores, que Deus nos chamou por cabeça e não por cauda; que em Cristo somos mais que vencedores; e que o melhor de Deus ainda esta por vir sobre nossas vidas.

Entretanto, temos que Deus em sua infinita bondade nos dá o livre arbítrio e não nos força a nada, cabendo a cada um de nós escolhermos o caminho que queremos trilhar. No livro de Deuteronômio no capitulo 28 a Palavra nos sinaliza o que nos espera quando formos obedientes a Deus, e por consequência, do que abriremos mão caso queiramos seguir por conta própria.

Quando José foi vendido pelos irmãos, levado como escravo ao Egito e até lançado no calabouço por calunias da esposa de Potifá, ele não murmurou e nem desanimou, pois ele conhecia o Deus a quem servia, e tão somente continuou a manter seu caráter inabalável, que era reconhecido por onde passava, até mesmo no calabouço, a ponto do carcereiro dar a prisão para ele cuidar por enxergar nele um homem íntegro e temente a Deus.

O que direciona nossas atitudes é o nosso caráter e não a situação que vivemos. A mesma água quente que amolece a batata e a cenoura que são rígidas endurece o ovo que antes é frágil e delicado, e também faz o café exalar seu delicioso cheiro e encher as narinas de quem esta ao redor.

Não permita que as circunstâncias venham mudar a sua essência para pior. Saiba que Deus ainda é contigo; e se Ele está calado é porque está trabalhando a seu favor ou porque os seus ouvidos estão tapados para ouvir a Sua voz.

Mas nossos pecados e nossas iniquidades fazem separação entre nós e Deus, por isso é necessário que mudemos de vida, reconheçamos as nossas falhas e peçamos perdão para Deus, para que possamos retomar a trajetória que Deus preparou para nós, e colhermos os bons frutos que já estão preparados para nos. Viva isto e receba o melhor de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *