Os números reais seriam quatro vezes maiores que o anunciado

Jacutinga têm apresentado um crescimento acelerado dos casos de contaminação do
Covid 19 no município; ainda há quem diga que o número real de contágio é quatro vez
maior que o apresentado pela Prefeitura.


Para agravar o quadro, o Município decidiu interromper as barreiras sanitárias,
deixando os acessos à cidade livres à todos os visitantes, vindos de todo o País. A
alegação da Prefeitura para o fim das barreiras sanitárias é que usará o pessoal para
intensificar a fiscalização no comércio e-xigindo que se usem máscara e álcool em gel,
além de respeitarem ao distanciamento estabelecido.


Porém, sabemos que grande parte dos que trabalhavam nas barreiras eram
voluntários, e por força de Lei não podem atuar como fiscais, o que torna o trabalho
voluntário na fiscalização proibido e as multas ou outras sanções impostas totalmente
anuláveis, tornando este trabalho inútil.

As barreiras sanitárias foram criadas em 20 de maio, porém o Comitê Gestor do
Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde do Covid-19 achou por bem
suspendê-las no dia 10, quando a cidade naturalmente passa a receber um maior número
de visitantes pela aproximação do inverno, elevando assim os risos de contágio.


Vale ainda dizer que as barreiras funcionavam 24 horas por dia, conseguindo assim
abordar ônibus e vans que chegam de madrugada na cidade, o que não ocorre com esta
fiscalização ao comércio, que quando chega o turista já foi embora. A Prefeitura
promete ainda à partir da próxima segunda feira, 15 de junho, desinfetar as ruas.

Vale dizer que outras cidades da região como Ouro Fino e Andradas se mostram
mais rigorosas quanto ao acesso a cidade, e o avanço do vírus tem se mostrado menor.


Andradas para se ter ideia não permite sequer que os viajantes que precisam cortar a
cidade ela rodovia sugam seu trajeto, impondo desvio por Santa Rita de Caldas, tudo
visando a preservação da vida da sua população.
Outro diferencial de Andradas é que Prefeito, através da sua assessoria de comunicação,
faz pessoalmente duas vezes por semana uma live atualizando a população sobre o
quadro da cidade e as medidas que estão sendo adotadas para se evitar a proliferação da
doença dentro do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *