Retorno será facultativo e começará por alunos do 1º ao 5º ano

Embora o Estado de Minas esteja registrando índices preocupantes de contágio pelo Covid-19, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, decidiu no último dia 10 de junho pela retomada das atividades presenciais nas escolas estaduais mineiras. A decisão foi proferida em Mandado de Segurança proposto pela Secretaria Estadual de Educação, que pedia o retorno das aulas presenciais.

Em Outubro de 2020 o Governo do Estado já havia anunciado a retomada das atividades presenciais nas escolas públicas estaduais, mas em uma ação proposta pelo Sind-UTE – Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação, questionando que as atividades presenciais contrariavam as medidas de isolamento determinadas pelo Governo, e que não havia dados que indicavam a redução de contágio da doença e a redução do número de mortes, pelo que a Justiça suspendeu a retomada das aulas. Com a nova decisão do Tribunal, as atividades presenciais poderão ser retomadas em Minas nas escolas públicas estaduais, pois se trata de uma decisão administrativa, e portanto, caberia ao Governo decidir sobre a retomada ou não das aulas.
Após a decisão a Secretaria de Estado de Educação, comunicou que as atividades seriam retomadas no dia 14 de junho pelos professores e no dia 21 de junho pelos alunos, seria facultativa e seria iniciada pelos alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, mas em Jacutinga, as atividades presenciais ainda não foram retomadas. Os professores e profissionais da educação fazer parte do público prioritário da vacinação contra a Covid e já começaram a ser imunizados em Minas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *