Ele pretende apurar contratação de empresas sem licitação

Durante a reunião da ALMG – Assembleia Legislativa de Minas Gerais realizada no final de abril, o deputado estadual Professor Cleiton (PSB) criticou a falta de transparência na administração da Cemig e detalhou possíveis aproximações do Partido Novo, do atual governador e a atual gestão da Companhia. As informações apresentadas pelo Deputado sugerem a necessidade da instalação de uma CPI para que estas graves denúncias possam ser apuradas.

Ele apresentou o requerimento 7.760/2021, no qual pede informações sobre a contratação da empresa EXEC Consultoria de Recursos Humanos Ltda. sem prévio processo de licitação. De acordo com o Deputado, a contratação foi realizada em 21 de novembro de 2020, mas a prestação de serviços havia começa quase um ano antes da assinatura do contrato, no dia 28 de novembro de 2019.
A solicitação do parlamentar exige que a diretoria da Cemig encaminhe todos os processos de contratação da empresa e as justificativas para não realização da licitação. Durante o pronunciamento, o Deputado Professor Cleiton indagou o relacionamento entre o governo, Partido Novo e a Cemig e disse ainda que a EXEC participou do recrutamento de candidatos do Novo em vários locais do Brasil e também do secretariado de Minas Gerais. Ainda no seu pronunciamento o Deputado destacou que os executivos à frente da diretoria da Cemig são de São Paulo, inclusive com ligação ao Partido Novo do estado.
O Deputado Professor Cleiton já havia criticado anteriormente a Cemig, quando disse desconfiar que a Cemig teria tido prejuízos com a alienação da participação na Light e que tudo estaria relacionado a uma promessa de privatização da empresa feita pelo governador Romeu Zema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *